Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 393 | Abril de 2010 | Campo Mourão - Paraná

Dias de Campo Unidades

Em Abelardo Luz, tecnologia em família

Um total de 230 pessoas, entre cooperados, suas esposas e filhos compareceram ao encontro promovido pelo entreposto

Cooperados e seus familiares de Abelardo Luz, no Oeste catarinense, tiraram o dia 13 de março para participarem do tradicional dia de campo de verão, promovido pelo entreposto local da Coamo. O evento teve palco na Comunidade do Araçá, na propriedade do cooperado Laurindo Castioni. Um total de 230 pessoas compareceram.

No dia de campo os cooperados conhecerem novas cultivares de soja e híbridos de milho e sorgo adaptados às condições de solo e clima da região. “Orientamos que, além da escolha da variedade de soja, é importante adequar a população de plantas conforme o nível de fertilidade do solo, época de plantio e o monitoramento para as principais doenças da soja, principalmente a ferrugem. E, na cultura do milho, para cada híbrido foi apresentado as recomendações de época de plantio e as respectivas características como potencial produtivo, superprecocidade, precocidade, resposta a adubação, tolerância as principais doenças, redução de espaçamento e aumento da população de plantas”, lembra o gerente da unidade José Sales Saraiva.

E os cooperados que desenvolvem atividade de pecuária tiveram a oportunidade de conhecer alternativas de híbridos de sorgo para produção de pastagem e silagem com grande quantidade de massa verde, alto valor nutricional, rebrota rápida e excelente perfilhamento.

PRESENÇA FEMININA – Do público presente, mais 70 pessoas eram mulheres, esposas e filhas de cooperados. Elas participaram de uma palestra motivacional, proferida pela funcionária da Coamo encarregada do setor de Treinamento e Desenvolvimento Ercilia Schimidt.

5º Encontro de Verão em Barbosa Ferraz

O entreposto da Coamo em Barbosa Ferraz realizou no dia 5 de março a edição 2010 do seu Encontro de Verão. O evento, realizado no bairro São Judas Tadeu, mais uma vez contou com boa presença dos cooperados ligados à unidade.

De início, os produtores acompanharam uma palestra com o Dr. Sólon Araújo, da Embrapa Soja, que falou sobre fixação biológica de nitrogênio em gramíneas. O assunto, segundo o agrônomo Cesar dos Santos Ferreira, chamou a atenção, já que é uma novidade. “A inoculação de milho e a possível redução da adubação nitrogenada, em altas quantidades, pode causar contaminação de lençóis freáticos”, explicou o técnico. O dia de campo também expôs os resultados de ensaios de inoculação feitos na região.

Depois da parte teórica, os co-operados foram a campo para ver as variedades de milho e soja implantadas demonstrativamente como novidades para a próxima safra. “Este ano tivemos 26 faixas de milho e 24 de soja, algumas já consagradas e vários lançamentos. Todas das nossas parceiras”, valorizou Ferreira.

Mais de 400 em Manoel Ribas

Dia de campo foi realizado em área demonstrativa da Coamo, localizada próxima à unidade da cooperativa em Furnas

Mais uma vez o entreposto da Coamo em Manoel Ribas, na região central do Paraná, garantiu expressiva participação de cooperados durante o tradicional dia de campo promovido pela unidade. O evento, realizado recentemente, em área demonstrativa da Coamo, localizada próxima à unidade da cooperativa em Furnas, reuniu 400 produtores rurais em torno dos temas apresentados nas estações, entre os quais: os 40 anos de Coamo, mostrando a evolução da produtividade e consequente melhoria de renda dos cooperados da região de Manoel Ribas; a tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas; o controle da buva e sclerotinia (mofo branco); e apresentação de faixas demonstrativas sobre 25 variedades de soja; bem como o controle da ferrugem da soja.

Segundo o gerente do entreposto, José Cézar Vidotti, o encontro foi muito elogiado pelos cooperados presentes. “Toda a nossa equipe está de parabéns, pois demonstrou grande interação e comprometimento com a preocupação da Coamo em levar tecnologia e melhoria de renda a seu quadro de associados”, enfatizou Vidotti.

Coronel Vivida lança slogan

“A colheita vai parar... para colher mais”! Com esse slogan o Detec da Coamo de Coronel Vivida, no Sudoeste do Paraná, realizou no dia 6 de março o seu tradicional dia de campo itinerante de soja. O evento teve palco na propriedade do associado Clair Carlos Scabeni, na comunidade de Água Branca, em Chopinzinho. Cerca de 170 cooperados, de Coronel Vivida, Chopinzinho, São João, Pato Branco, Honório Serpa e Sulina, participaram.

“Os produtores consideram esses eventos como dias de tra-balho”, resumiu o agrônomo Angelo Márcio Vieira, do Detec da Coamo em Coronel Vivida. Ele enalteceu a atitude dos cooperados que “pararam”, em plena colheita, para, através das informações repassadas no dia de campo, ampliar os conhecimentos na busca por mais produção e renda nas próximas safras.

O EVENTO – Logo pela manhã os cooperados foram recepcionados no pavilhão da comunidade, próximo ao campo experimental, com um café. Depois, acompanharam palestras sobre temas como a tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas; os 40 anos da Coamo; uma retrospectiva da safra 2009/2010; a demonstração de sobre a qualidade dos fertilizantes; a importância do tratamento de sementes; o controle da ferrugem, oídio, DFC e percevejos e variedades de soja. “Apresentamos 60 parcelas com 30 variedades em duas épocas de plantio, comparando com as tradicionais já cultivadas na região”, destacou Vieira.

Novidades da soja no Tamanduá, em Farol

O dia de campo realizado em Farol, no Centro-Oeste do Paraná, teve palco na comunidade Tamanduá, em Farol. O evento, segundo o técnico Rudi Ricardo Scherer, do Detec da Coamo em Campo Mourão, serviu para complementar as informações repassadas no dia campo Fazenda Experimental da Coamo, sobretudo pela estação de Rotação de Culturas. “Aqui, os cooperados tiveram a oportunidade de acompanhar, na prática, o comportamento dos materiais nas condições de clima e solo da região”, destacou Scherer.

As parcelas demonstrativas das cultivares foram apresentadas aos cooperados pelos agrônomos Lucas Simas de Oliveira Moreira e Luiz Claudio Bochanoski Martinho, ambos do Detec da Coamo em Campo Mourão.

O campo demonstrativo foi implantado na propriedade da família Kungel, cooperados tradicionais na região.

 

 

Experimentos em Laguna Carapã

A propriedade do associado Pedro Triches (foto) recebeu os experimentos do dia de campo realizado pelo entreposto da Coamo em Laguna Carapã, no Sul do Mato Grosso do Sul. O evento aconteceu no dia 17 de março e expôs as características de 26 cultivares de soja de nove empresas parceiras da Coamo. Mais de 50 cooperados participaram do encontro.

Tecnologia para os cooperados de Ivaiporã

Evento reuniu 250 cooperados. Eles conferiram o comportamento de 15 diferentes cultivares de soja, transgênicas e convencionais

Realizado na tarde do dia 04 de março o tradicional dia de campo de verão em Ivaiporã. Coordenado pelo entreposto local da Coamo, o evento reuniu 250 co-operados. Eles conferiram o comportamento de 15 diferentes cultivares de soja – transgênicas e convencionais -, recomendadas para o plantio na região. Também acompanharam palestras sobre temas como o controle da buva, devolução de embalagens vazias de agroquímicos e tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas.

“A participação dos cooperados foi expressiva o que reforçou ainda mais a importância que os produtores dão a esse tipo de evento nessa região”, avaliou o encarregado pelo Detec de Ivaiporã, João Pazda Júnior. “Os nossos cooperados têm sabido valorizar os eventos promovidos pelo entreposto. E essa participação deles na vida da cooperativa tem sido fundamental para a configuração dos resultados positivos alcançados no campo, safra após safra”, completa o gerente do entreposto Valdemir de Paula Barbosa, que também palestrou no evento, falando da comemoração dos 40 anos da cooperativa neste ano de 2010.

O dia de campo de Ivaiporã aconteceu na propriedade do cooperado Virgilino Hesmann, localizada próxima à unidade da Coamo no município.

Soja é destaque em Boa Esperança e Iretama

Quarenta e cinco cooperados participaram de um dia de campo realizado recentemente em Boa Esperança. Eles conferiram as principais novidades recomendadas para a região em tecnologia para o cultivo da soja, sendo quatro variedades convencionais e 22 transgênicas, de oito empresas parceiras.

Segundo o agrônomo Alfeu Luiz Fachin, responsável técnico pela unidade, “foi o ano que mais variedades foram apresentadas nesse espaço do conhecimento”.

IRETAMA – A comunidade Santa Luzia foi o local escolhido pelo entreposto de Iretama para realizar o seu dia de campo sobre cultivares de soja. O evento aconteceu recentemente, na propriedade do cooperado Carlos Luiz Oliva. Na ocasião, foram apresentadas 28 variedades de oito empresas parceiras da Coamo. Cerca de 30 cooperados participaram do evento.

Foco no milho em Honório Serpa

Realizado no dia 02 de março o tradicional dia de campo de milho organizado pela unidade de Honório Serpa, no Sudoeste do Paraná. Cerca de 90 cooperados participaram do evento, que teve palco na propriedade dos cooperados Ivan Luiz e Evandro Dalchiavon, com apoio das empresas parceiras.

O milho é uma das principais culturas comerciais da região de Honório Serpa. No verão, o cereal rende altas produtividades no campo, superando, na maioria das vezes, 450 sacas por alqueire.

Família reunida em Mangueirinha

A edição 2010 do Encontro de Cooperados de Mangueirinha, no Sul do Paraná, foi realizada no dia 3 de março e teve a participação de 240 pessoas. Os cooperados tiveram a oportunidade de conhecer novas variedades de soja, que foram apresentadas pelos representantes das empresas parceiras e de pesquisa. “Eles, também, viram a campo os vários híbridos de milho recomendados para a região, bem como acompanharam uma palestra sobre tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas”, destacou o agrônomo Luciano Boscatto, responsável pelo Detec do entreposto.

MULHERES – A programação para a ala feminina do encontro aconteceu no centro de eventos da cidade. Elas assistiram a uma palestra com o responsável pela Vigilância Sanitária de Pato Branco, Rodrigo Bertol, que falou sobre o manuseio e higiene de ali-mentos e o destino do lixo nas propriedades. Em seguida, tiveram uma atividade de artesanato com reaproveitamento do lixo reciclável.

Depois, acompanharam uma palestra do Centro de Saúde de Mangueirinha sobre a Campanha de vacinação sobre a Gripe Suína (Influenza A (H1N1), e sobre a Campanha de Verminose realizada pelo município.

Caarapó testa 23 cultivares

O dia de campo de soja realizado pelo entreposto de Caarapó, no Sul do Mato Grosso do sul, no dia 17 de março, contou com a presença de 80 cooperados. No encontro, que teve apoio da Embrapa Agropecuária Oeste, foram apresentadas, 23 variedades de soja recomendadas para a região, com destaque para a necessidade cada vez maior de respeitar o zoneamento agrícola, para diminuir os riscos da cultura. Segundo o agrônomo José Carlos de Andrade, do Detec da Coamo em Caarapó, o evento foi bem aproveitado pelos cooperados. Eles receberam os dados de precipitação pluviométrica da região nos últimos 15 anos, para que todos possam ter um planejamento ainda melhor do cultivo das lavouras em suas propriedades.

Palmas: Mofo branco em destaque

Em evento promovido pelo entreposto pesquisador enfatizou alguns pontos que diminuem o risco de incidência da doença

Os cooperados de Palmas, no Sul do Paraná, assistiram a uma palestra proferida pelo pesquisador da Embrapa, Ademir Henning, no dia 12 de março, com o tema Mofo Branco da Soja (Sclerotinea sclerotiorum). O assunto vem chamando a atenção dos produtores rurais da região, que nos últimos anos tem acompanhado perdas significativas na cultura de soja causadas por esse fungo.

MEDIDAS DE CONTROLE – O pesquisador enfatizou alguns pontos que diminuem o risco de incidência dessa doença no campo, entre eles a rotação de culturas; a redução da densidade e aumento do espaçamento no plantio; o uso de variedades menos sensíveis para essa doença, de preferência as de ciclo deter-minado; deixar palhada antes do plantio da cultura para que haja barreira física que impede o desenvolvimento dos apotécios e o uso de sementes fiscalizadas para não haver presença de esclerócio na semente.

CHUVA FAVORECE – “O fator preponderante para o aparecimento desta doença é o clima chuvoso na floração da cultura, por isso que em anos mais chuvosos as perdas são bem mais expressivas e podem chegar a até 60%”, alerta o agrônomo Álvaro Vicente Reffatti, responsável técnico pelo entreposto da Coamo em Palmas. E acrescenta: “se o cooperado usar todas as medidas culturais e o tratamento fúngico indicado pela assistência técnica, certamente ele terá resultados melhores com a lavoura”.

PARCELAS – Após a palestra os cooperados foram à campo para acompanhar o comportamento de cultivares de soja e híbridos recomendadas para o cultivo na região que foram implantadas na unidade demonstrativa do entreposto.

Reunião em Marilândia

O entreposto da Coamo em Marilândia (Norte do Paraná) realizou no dia 18 de fevereiro uma reunião com a presença de 100 cooperados que são atendidos pela unidade. Entre os temas abordados no encontro esteve a devolução de embalagem vazias de defensivos agrícolas e o uso do Digilab como ferramenta para identificação de doenças na cultura da soja. Os cooperados também tiveram informações sobre os benefícios proporcionados pela Coamo; os investimentos da cooperativa na região; e os trabalhos realizados pelo entreposto em 2009.

Em Vila Nova, passeata no Dia Mundial da Água

 

Um evento diferente marcou a passagem do Dia Mundial da Água (22 de março) em Vila Nova, no Oeste do Paraná. O grupo municipal Abrace essa Causa organizou uma caminhada que contou com apoio da Coamo e com a participação de estudantes e professores da Escola Municipal Osvaldo Cruz e do Colégio Estadual João Arnaldo Ritt, além de integrantes da comunidade.