Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 424 | Abril de 2013 | Campo Mourão - Paraná

Inverno

Atenções voltadas para a segunda safra

Na região de atuação da Coamo, o milho safrinha já está todo implantado e o trigo encontra-se em fase inicial de semeadura

Com a colheita de verão praticamente encerrada, os agricultores voltam as atenções para os cultivos de inverno. Na região de atuação da Coamo, o milho segunda safra já está todo implantado e o trigo encontra-se em fase inicial de plantio. Neste ano o milho safrinha ocupa uma área de 820 mil hectares, contra 792 mil na safra passada. A previsão da área de trigo é de 249 mil hectares, sendo que no ano anterior foram cultivados 230 mil.

De acordo com o presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini, as chuvas que por um lado prejudicaram a colheita de soja, por outro beneficiaram o desenvolvimento da segunda safra de milho. “Temos lavouras bem desenvolvidas e com expectativa de uma grande safra de milho, o que é muito bom, pois melhora a renda dos cooperados. Claro, que isso tudo só será confirmado se nada de errado acontecer com o clima. Sempre digo que milho safrinha e o trigo são culturas de risco. Ano passado, por exemplo, não tivemos problemas e colhemos muito milho e também trigo”, pondera.

Gallassini observa que o comportamento do cooperado de aumentar a área de trigo contrariou as previsões iniciais. “A expectativa era de redução em função da dificuldade de comercialização. Porém, como o peço do trigo aumentou, chegando a R$ 41 e hoje ao redor dos R$ 38 [preço praticado no dia 23 de abril], o cooperado resolveu plantar mais e isso é muito bom. Temos trigo com qualidade e variedades produtivas e podemos ter um bom aproveitamento do trigo nacional. Esperamos que a comercialização também seja satisfatória”, pondera.

TRATOS CULTURAIS - Para não perder o ritmo dos bons resultados das últimas safras, a Gerência de Assistência Técnica da Coamo (Getec), está atenta e vem orientando os cooperados para o planejamento do cultivo de inverno. “Começamos o inverno também com boas perspectivas. O cooperado está animado, por isso, precisamos novamente ficar atentos aos tratos culturais para repetir os bons resultados do verão e do inverno passado”, argumenta Luiz Carlos de Castro, supervisor de Assistência Técnica da Coamo. Ele lembra que o milho segunda safra está com bom desenvolvimento vegetativo, enquanto o trigo começa a ser implantado. “O clima vem colaborando, assim com foi no verão, e a cada dia nossa expectativa está se confirmado. Esperamos que o cooperado tenha um inverno de produtividade e qualidade”, conclui.

PARANÁ – No Paraná são 2,11 milhões de hectares destinados para o milho de segunda safra. O número é 4% maior se comparado ao mesmo período do ano passado. De acordo com dados do Departamento de Economia Rural (Deral), órgão da Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab), o plantio da cultura seguiu normal em todo Estado. Só algumas regiões que atrasaram um pouco o plantio por causa das chuvas, mas isso não deve comprometer o cronograma de safra. A produção prevista para esta segunda safra é de 11,43 milhões de toneladas, 15% a mais em relação ao mesmo período do ano passado. Já o plantio de trigo segue um pouco atrasado no Paraná. Até o momento, 7% de uma área aproximada de 845 mil hectares, 9% superior ao ciclo passado, foi semeada. Neste mesmo período das últimas três safras, 13% da área já havia sido plantada.