Variedades    



Soja no cardápio

MULHERES RURAIS APRENDEM, COM A COAMO, A APROVEITAR OS GRÃOS DE SOJA NA ALIMENTAÇÃO HUMANA

Carro-chefe da economia regional e com alta liquidez no mercado de grãos interno e externo, a soja vem seduzindo a população brasileira com um outro valor, o nutricional. Na região da Coamo, mulheres rurais estão aprendendo a preparar um cardápio bastante funcional a partir da utilização de grãos de soja convencional. Elas aliam os conhecimentos da culinária tradicional com as técnicas de preparo dos grãos de soja. O resultado não poderia ser outro: alimentos mais saudáveis e com alto valor nutritivo.
“A qualidade de vida da família cooperada sempre foi uma das preocupações centrais da Coamo”, afirma o diretor-presidente da cooperativa, José Aroldo Gallassini. Ele lembra que os cursos da área de promoção social da cooperativa são promovidos em parceria com o Serviço de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop-Paraná). “No ano passado, realizamos 135 eventos nesta área, com mais de 1,7 mil participantes”, comemora.

Entre os cursos realizados pela Coamo, que abrangem as comunidades rurais dos municípios onde a cooperativa está inserida, estão, entre outros, os de tortas finas e salgadas, bolachas e pães caseiros, salgadinhos, bordados em fitas, macramé, pintura em tecido e ponto cruz. Neste ano, a cooperativa já realizou um total de 84 eventos, entre cursos de culinária e artesanato. Destes, 14 foram de aproveitamento da soja na alimentação humana.

Moreira Sales – Um bom exemplo do grande benefício que os eventos sociais da Coamo proporcionam vem da região de Moreira Sales, no Noroeste do Paraná. Recentemente, as esposas e filhas de cooperados tiveram dois dias de curso para aprender a dominar as técnicas de utilização de soja para a alimentação humana. Foram repassadas 14 receitas e dicas que fazem a diferença para preparar o grão, além de informações sobre a importância da soja na prevenção de doenças.
O empresário do ramo alimentício e instrutor habilitado pelo Sescoop, Sérgio Kazuo Kawakami, foi quem ministrou o curso. Ele ressalta que a soja pode ser utilizado em diversas receitas. Entre as mais conhecidas estão o leite de soja, o queijo (tofu), a salada de soja, cajuzinho e até paçoca de soja. “A aceitação da soja na culinária tradicional é cada vez maior, porque as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a saúde e com a qualidade de vida”, esclarece Kawakami.

As participantes do evento aprovaram a experiência. Dona Cleuza Merlotto, afirma que já fazia salada de soja e torrava o grão em casa. “Agora já sei fazer outras receitas, como o leite e a maionese de soja, que é uma delícia”, assegura. Segundo ela, além do lado prático, o saudável é muito importante. “A soja é um alimento natural. E como é a gente mesmo que produz, sabemos que é fonte de proteína para a família. Achei o curso muito válido. A Coamo está de parabéns por esta iniciativa”, valoriza.
Benefícios para a saúde – Segundo a Embrapa, a soja é considerada alimento funcional porque além de funções nutricionais básicas, produz efeitos benéficos à saúde, reduzindo os riscos de algumas doenças. A Federação Mundial de Cardiologia confirma que o consumo diário de 25 gramas de proteína de soja faz bem ao coração, controlando os níveis de colesterol e, assim, prevenindo doenças crônicas.


 Página Inicial   Índice Geral