Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 375 | Agosto de 2008 | Campo Mourão - Paraná

Crédito Rural

Custeio e seguro agrícola na Credicoamo

Cooperativa inicia contratações com expectativa de atender 15% a mais de projetos de custeio para a nova safra de verão

A Credicoamo já está disponibilizando ao seu quadro social recursos para o financiamento de custeio da safra de verão 2008/09, para as culturas de milho e soja. Os cooperados podem, o mais breve possível, procurar os PAC’s – Postos de Atendimento Cooperativo, e solicitar, juntamente com o agrônomo que atende a propriedade, a elaboração de projetos visando a liberação dos recursos. “Temos um bom volume de recursos que é suficiente para atender as necessidades dos nossos cooperados. Mas é importante que eles formalizem o quanto antes as suas propostas de financiamento para a próxima safra”, explica Dilmar Antonio Peri, gerente de Produção da Credicoamo.

Seguro Agrícola – Para a safra 2008/09 os cooperados da Credicoamo e da Coamo terão duas opções para garantir suas lavouras contra adversidades climáticas e outros sinistros. Uma delas é o Proagro – Programa de Garantia da Atividade Agropecuária, que é um velho conhecido dos cooperados. Nesta safra, o Proagro irá beneficiar os produtores com limite máximo de R$ 150 mil por CPF.

A outra é o Seguro Agrícola, que vem registrando um grande crescimento nos últimos anos motivado pela facilidade de sua contratação, melhoria nos índices de cobertura e redução nos prêmios pagos. Além do incentivo praticado pelo governo federal, que será responsável por 50% do subsídio sobre o valor do prêmio do seguro contratado paara a safra 2008/09.

Novidade – O gerente de Produção da Credicoamo, anuncia como novidade para a safra 2008/09, na opção pelo Seguro Agrícola, a possibilidade do cooperado financiar o prêmio do seguro junto com o projeto de custeio. “A agricultura é uma indústria a céu aberto e a cultura do seguro vem recebendo cada vez mais a adesão dos produtores que estão conscientes de que seguro deve ser considerado insumo fundamental na sua safra. Portanto, orientamos os cooperados da Credicoamo e da Coamo para efetivarem a contratação do Seguro Agrícola e, assim, dormir tranquilo”, orienta Peri.

Destaque no Brasil – Na safra 2007/08, a Credicoamo foi responsável por 20% dos volumes dos recursos contratados com o Seguro Agrícola no Estado do Paraná, o que representou 10% da área cultivada no Brasil. Para a próxima safra, a previsão da Credicoamo é registrar um incremento de 20% nos volumes de contratações de seguro em relação a safra anterior.

O diretor-presidente das cooperativas Coamo e Credicoamo, José Aroldo Gallassini, diz que os cooperados estão cada vez mais conscientes das vantagens do Seguro Agrícola. “Não há mais tanta resistência, como nos anos anteriores. Os produtores vêem o seguro como um investimento e não mais como um custo. Assim, grande parte dos nossos cooperados já estão incluindo o seguro no seu pacote de insumos, o que é muito bom”, analisa.