Agricultura


Coamo cresce em Faxinal

Entreposto foi instalado há dez meses e conta com a participação de centenas de cooperados em sete municípios da região

A instalação do entreposto da Coamo em Faxinal, no norte do Paraná, foi um dos fatores decisivos para a mudança de endereço do cooperado Aldo Noburo Takahashi. Ele negociou a propriedade em Ouro Verde do Oeste e adquiriu nova área no município de Tamarana, praticamente na mesma época da chegada da Coamo. A mudança 
Takahashi: união do útil ao agradável

era um antigo projeto do cooperado, que procurava uma maior proximidade com a família, radicada na região de Londrina. “Foi a legítima união do útil ao agradável. Continuo recebendo apoio da Coamo para realizar os meus negócios e estou junto da minha família”, comemora.

Exemplos como os de Takahashi representam o verdadeiro valor que um agricultor pode dar a sua cooperativa, diante da linha de produtos e serviços oferecida para a condução das atividades na propriedade. Parceria que os agricultores da região de Faxinal estão aprendendo a conhecer, depois de viverem algumas frustrações com o sistema cooperativista local. Há dez meses a Coamo se instalou na região para atender os agricultores de sete municípios. Aos poucos, a equipe de profissionais da cooperativa vem conquistando os produtores rurais. Até agora, centenas de agricultores já estão integrados ao quadro social da Coamo. “Uma grande evolução, se considerarmos o fato de ser uma região nova na área de ação da cooperativa”, lembra Cláudio Galdino de Morais, gerente da unidade.

Para aproximar os agricultores, a estratégia utilizada pela Coamo foi a mesma que a cooperativa já adota há 30 anos: seriedade, honestidade e profissionalismo. “Já tínhamos ouvido falar muito bem da Coamo e hoje estamos comprovando a diferença impressa por ela no trabalho”, afirmam os irmãos André e Ademir De Bodas, cooperados há 6 meses. Segundo 
Irmãos De Bodas: satisfação com parceria

eles, a Coamo ofereceu mais segurança aos agricultores e agregou vantagens para a propriedade. “Ela regulou o mercado e tem procurado estabilizar a nossa produção. Era tudo que a gente precisava”, salientam.

Confiança – Cooperado desde 1995, Takahashi está preparando a nova área para o cultivo. São 190 alqueires que abrigavam a pecuária extensiva e que já receberam soja e milho neste verão. “Como já temos uma boa estrutura para a criação de bovinos, também estamos estudando a implantação de um projeto de integração entre a agricultura e a pecuária, para ampliar os nossos resultados”, conta. Confiante, Takahashi faz questão de ressaltar que a parceria com a Coamo tornou a sua atividade mais profissional. “Hoje sabemos do nosso potencial e buscamos o máximo das atividades”, assinala, considerando que a produtividade da fazenda registrou um incremento de 30% com apoio da Coamo. A produtividade média da soja, na última safra, foi de 120 sacas por alqueire.

Surpresa – Os irmãos De Bodas lembram que ficaram surpresos com a agilidade da Coamo, no atendimento aos seus cooperados. Eles se tornaram sócios há 6 meses e logo no início já foram beneficiados com uma linha de crédito para adquirir uma nova plantadeira. “Praticamente não existe burocracia e os preços são bem mais convidativos”, revelam. Outras vantagens apontadas pelos cooperados são o pagamento a vista e a assistência técnica diferenciada. “A Coamo realmente tem muito a oferecer para os seus cooperados. Estamos satisfeitos com a parceria”, completam. As produtividades médias dos cooperados, na última safra, ficaram ao redor de 132 sacas de trigo e 126 sacas de soja por alqueire. Nesta safra o cultivo da soja vai ocupar praticamente toda a área da propriedade, que possui 78 alqueires. Com incentivo da Coamo, os De Bodas estão equilibrando a fertilidade as áreas para ampliar as produtividades das culturas.

Perfil

Base da economia:
agropecuária

Municípios atendidos:
Faxinal, Borrazópolis, Grandes Rios, Cruzmaltina, Marilândia do Sul, Mauá da Serra e Tamarana

Estrutura do entreposto:
pessoal:
14 profissionais
física: lojas de insumos e farmácia veterinária, duas moegas e dois silos, com capacidade para 72 mil sacas de armazenagem