Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 379 | Dezembro de 2008 | Campo Mourão - Paraná

Editorial

É tempo de renovar as esperanças!

Engenheiro agrônomo José Aroldo Gallassini, idealizador e diretor-presidente da Coamo Agroindustrial Cooperativa

O ano de 2008 está terminando e o balanço é positivo para o setor agrícola e de modo especial, para a Coamo e seus cooperados. Mesmo com alguns problemas durante o ano e mais recentemente, com esta crise financeira que abalou o mundo todo, podemos, mesmo assim, concluir que 2008 foi o melhor ano na história da Coamo.

A Coamo registrou novamente um grande crescimento, recebendo em seus armazéns volumes da ordem de 83 milhões de sacas ou 5 milhões de toneladas de produtos. Com este bom desempenho, a projeção da receita global da Coamo para o exercício de 2008 deverá ser de R$ 4,3 bilhões. São números expressivos que, mais uma vez, consolidam o cooperativismo de resultados e mostram a força, a união e o trabalho dos cooperados, diretoria e funcionários que, com dedicação e profissionalismo, inserem a Coamo - uma empresa genuinamente do interior e fundada por um grupo de 79 agricultores em 1970, entre as mais importantes cooperativas e empresas do Brasil.

Com o objetivo de facilitar e beneficiar ainda mais seus cooperados, sempre com o propósito de atendê-los cada vez melhor em suas necessidades, a Coamo está construindo e colocará em operação na safra 2008/09 mais quatro novas unidades: Figueira do Oeste (Engenheiro Beltrão), Piquirivaí (Campo Mourão), Quarto Centenário e Toledo. São investimentos necessários que contribuirão para o aumento da capacidade de recebimento visando receber a produção dos cooperados, além de reduzir os valores do frete e fazer com que a Coamo esteja cada vez mais próxima do seu quadro social.

Neste momento em que as famílias se unem para celebrar o Natal e o final de 2008, e saudar o novo ano que se avizinha, com satisfação, mais uma vez, como vem sendo um marco ao longo da existência da Coamo, foi possível antecipar sobras de R$ 31,5 milhões aos 21 mil cooperados. Este montante representa um dinheiro extra, já apelidado de “13º salário do cooperado”. Esta antecipação motivada pelo bom desempenho da cooperativa, representa os frutos da participação dos cooperados, que são motivos de orgulho e exemplos não só para o agronegócio, mas para o cooperativismo do nosso país.

Para a diretoria da Coamo este momento de antecipação dos resultados do exercício 2008 nesta época do ano é de imensa alegria, em benefício não só dos cooperados e familiares, mas também, de uma maneira geral, da economia e do comércio de muitas regiões no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

E como reconhecimento pelo trabalho realizado em 2008, a Coamo conquistou significativos prêmios da sociedade empresarial. Entre eles, o prêmio “Valor 1000” como a melhor empresa do setor Agricultura do Brasil, o “Destaque do Comércio Exterior” pela Associação do Comércio Exterior do Brasil e o prêmio “A empresa mais admirada do agronegócio brasileiro”.

Com orgulho e satisfação, tive o privilégio de ser o brasileiro escolhido, representando todos os 21 mil cooperados da Coamo para o lançamento da campanha mundial da Bolsa de Chicago; de receber cinco títulos de Cidadão Honorário em São Domingos (SC), Roncador, Boa Ventura de São Roque, Pitanga e Peabiru, no Paraná; além da Medalha do Mérito do Sistema Confea/Crea, durante a 65ª Semana Oficial de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Brasil (SOEAA) e o 3º Congresso Mundial de Engenheiros (WEC 2008), promovido pela primeira vez no Brasil. Partilho o recebimento destas honrarias com os todos os cooperados, diretoria e funcionários da Coamo, com a certeza de que as mesmas mostram que estamos no caminho certo e servem de estímulo para impulsionar novos resultados.

Contabilizando grandes volumes de produção, bons preços e sobras antecipadas, e a chegada do final do ano, resta-nos agradecer. Agradecemos a Deus por mais um ano abençoado com muita saúde, paz e prosperidade; aos nossos cooperados que mais uma vez fizeram a diferença com uma elogiável e expressiva participação nas suas cooperativas Coamo e Credicoamo; aos nossos companheiros de Diretoria, aos membros dos Conselhos de Administração e Fiscal; aos nossos funcionários, as entidades financeiras, clientes e fornecedores pelo apoio, parceria e confiança em nossa administração e no trabalho realizado em prol dos milhares de cooperados da Coamo e da Credicoamo.

Assim, nesta época em que as esperanças são renovadas e todos almejam um ano novo melhor e um mundo mais justo e fraterno, a Coamo agradece e deseja a todos um Feliz Natal e um próspero 2009, inspirados nos valores da fé, da solidariedade e da união, e alicerçados no trabalho de cada dia, com o desejo de que todos realizem seus sonhos e sejam cada vez mais felizes.