Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 410 | Dezembro de 2011 | Campo Mourão - Paraná

Dinheiro Extra

Coamo antecipa R$ 54,5 milhões das sobras

Antecipação é realizada de forma simultânea em todas as unidades da cooperativa no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul

Como tradicionalmente acontece no período que antecede as festas de fim de ano, a Coamo distribuiu parte das sobras. Foram R$ 54,5 milhões de antecipação referente ao exercício de 2011, que beneficiaram os 24,4 mil cooperados. A antecipação foi efetuada de forma simultânea em todas as unidades da cooperativa no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. Cada cooperado recebeu conforme a sua movimentação durante o ano na fixação dos produtos soja, milho, trigo, e também, no abastecimento de insumos.

Para o presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini, as sobras representam um diferencial positivo do cooperativismo. "As sobras são aguardadas com grande expectativa pelos cooperados", considera Gallassini.

Ele revela que o dinheiro, além de "engordar" o Natal dos agricultores e de seus familiares, ajuda a aquecer o comércio em todas as comunidades da área de atuação da Coamo. "O ano de 2011 pode ser considerado como muito positivo, motivado pelas boas produtividades e bons preços das commodities. Ficamos felizes em novamente propiciar este importante benefício aos nossos cooperados", avalia.

O presidente lembra que neste ano a Coamo recebeu vários prêmios de reconhecimento em nível nacional, entre eles a empresa mais admirada do agronegócio do Brasil. "Ficamos felizes em anunciar que em um ano de muitos prêmios para a Coamo, seus cooperados estão recebendo um bom volume de sobras. Isso tudo nos leva a acreditar que estamos no caminho certo e cumprindo o objetivo da Coamo que sempre foi o de proporcionar mais benefícios para o quadro social", assinala Gallassini.

O cooperado Ademir Azevedo, de Campo Mourão, Centro-Oeste do Paraná, diz que a antecipação das sobras vem em boa hora. "Não temos renda mensal e neste período do ano estaríamos sem dinheiro. Com a sobra podemos cobrir as despesas de fim de ano e ainda usar parte nas festas com a família", destaca. Ele lembra que a Coamo é única cooperativa que distribui sobras e isso mostra a preocupação da cooperativa com o bem estar do cooperado.

Carlos Ribeiro de Macedo, cooperado em Campo Mourão, Centro-Oeste do Paraná, diz que esse ano foi de muita alegria e que as sobras foram uma surpresa boa. O valor recebido já tem destino certo. " Com as sobras paguei uns compromissos, comprei presentes para os netos e filhos, e o dia do Natal com a família toda reunida também está garantido", comemora.

Segundo o cooperado Natalino Martins, de Campo Mourão, Centro-Oeste do Paraná, as sobras são motivo de felicidade para os agricultores. "Tenho apenas o que agradecer à Coamo, a nossa administração e ao Dr. Aroldo que é um bom administrador. Esse dinheiro já tem destino e chega em uma boa hora", explica.

Fala Cooperado

Antonio Guerreiro Garcia, de Campo Mourão, Centro-Oeste do Paraná: "As sobras sempre vem em boa hora. A Coamo faz parte da nossa vida. Não dá nem para pensar o que seria de nós sem a Coamo. A cooperativa é motivo de orgulho para nós cooperados."














Celito Luiz Reginatto, de Abelardo Luz, Santa Catarina: "As sobras são um incentivo a mais. É como um 13º salário que recebemos. Temos que agradecer e parabenizar a diretoria pela forma com que administra a Coamo."















Nelson Dal Galo, de Tupãssi, Oeste do Paraná: "Agradeço a diretoria da Coamo pelos excelentes resultados. O valor realmente surpreendeu. Vai dar para pagar muita coisa e ainda fazer uma grande confraternização com a família e amigos."















Lauro Masahar Tsuzuki, de Amambaí, Mato Grosso do Sul: "O adiantamento das sobras vem na hora em que as despesas aumentam. Esse valor expressivo que recebemos neste ano vai engordar o Papai Noel."