Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 369 | Janeiro e Fevereiro de 2008 | Campo Mourão - Paraná

Seguro Rural / Dias de Campo

Credicoamo com recorde em contratações

Cooperativa realizou 11% do total de contratos de seguro rural no Paraná e 4% do volume de contratos efetivados no país

Com uma área segurada de 230 mil hectares nas lavouras de inverno e de verão, que beneficiaram 3.200 projetos, a Credicoamo Crédito Rural Cooperativa, com 18 Postos de Atendimento Cooperativo (PAC) no Paraná e em Santa Catarina, foi responsável no ano passado pela contratação de 11% do seguro agrícola no Paraná e de 4% do volume efetivado no país.

Um levantamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aponta que o Paraná respondeu em 2007 por cerca de 37% do volume de seguro contratado no Brasil, liderando o ranking nacional, a frente dos estados do Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina, que estão também entre os primeiros do país.

“A agricultura é uma atividade de risco, o produtor planta e depois precisa torcer muito para um clima regular e safra normal, sem que haja intempéries e frustrações. Os produtores brasileiros e em especial, os cooperados da Coamo e da Credicoamo estão conscientes da importância do seguro”, explica Dr. Aroldo Gallassini, presidente das cooperativas Coamo e Credicoamo, que acredita no aumento das contratações de seguro para as próximas safras, em função da conscientização dos produtores brasileiros e da necessidade da cobertura da produção agrícola.

Insumo fundamental - Segundo Dr. Aroldo, o produtor brasileiro pode aproveitar a oportunidade para efetivar o seguro agrícola e o apoio que vem recebendo do governo federal. “Somente no ano passado o governo disponibilizou R$ 100 milhões como subvenção ao prêmio, mas só foram utilizados R$ 60,9 milhões e para 2008 a previsão é de que sejam oferecidos R$ 200 milhões, quantia que atenderia as necessidades dos produtores”, informa.

A Coamo, Credicoamo e entidades representativas do setor agrícola (Ocepar, Faep e CNA) continuam reivindicando ao governo o aperfeiçoamento do seguro com ampliação nos volumes de recursos e de cobertura, além da redução nas taxas. “O seguro rural já é uma realidade e vem melhorando a  cada safra. O importante é que o produtor tenha consciência da necessidade de contratar o seguro, haja vista que ele é um insumo fundamental e deve inclusive, fazer parte do custo de produção das lavouras.”

Seguro na safrinha – A Credicoamo está disponibilizando aos seus cooperados recursos para efetivação do seguro agrícola na cultura do milho safrinha, que é a primeira lavoura de inverno a ser contemplada com o processo de contratação do seguro em 2008.

Dentro do planejamento estratégico e da política de atendimento as necessidades dos seus cooperados, a Credicoamo já iniciou negociações junto às seguradoras visando obter recursos e condições para as contratações das lavouras de trigo, cujas previsões indicam incremento no volume de área plantada para a safra 08/08.

Expotec em Peabiru

Em Peabiru, na região Centro-Oeste do Paraná, o Detec da Coamo realizou a II Expotec de Milho, onde foram apresentados 18 híbridos adaptados para a região. No mesmo evento foram tratados de importantes temas como a utilização adequada de adjuvantes, bem como velocidade de plantio e tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas. O encontro reuniu cerca de 100 produtores, uma vez que os assuntos discutidos estiveram diretamente ligados com a realidade local. “O nosso cooperado não deixa de participar de eventos como este, que aprimora o conhecimento de todos”, comenta o agrônomo Nilton Cavalheri, responsável pelo Detec da Coamo em Peabiru.

Araruna – Um encontro tecnológico de milho também foi realizado recentemente em Araruna. O evento enfocou a utilização de híbridos adequados para a região com a aplicação de tecnologia para alta produtividade. “Nossa meta é incrementar a produtividade de milho na região, que a cada ano que passa se torna uma alternativa bem rentável se soubermos utilizá-la na busca pela sustentabilidade do sistema de produção”, explica João Roberto Juliani, engenheiro agrônomo encarregado pelo Detec da Coamo em Araruna.

Caravana contra a ferrugem da soja

 

O entreposto da Coamo em Boa Ventura de São Roque (Centro do Paraná) realizou recentemente o evento denominado Caravana Anti-Ferrugem da Soja. Dezenas de cooperados da região participaram das palestras. Entre os convidados para o encontro esteve a fitopatologista da Coodetec, Tatiana Dalla Nora. A caravana foi realizada em três locais diferentes: no centro de eventos da cidade, no sítio Boa Ventura e no município de Turvo.

Dia de campo de híbridos de milho

 

Setenta e cinco cooperados participaram de um dia de campo sobre milho, realizado recentemente pelo entreposto da Coamo em Mangueirinha (Sul do Paraná). Os novos híbridos de milho e seus posicionamentos para safra 08/09 foram apresentados aos cooperados, em parceira com a Agroceres. Outro assunto abordado foi o de doenças na cultura do milho, bem como o posicionamento produtos registrados e seu controle preventivo, com a parceira Syngenta.

Tecnologia de aplicação

 

A propriedade do cooperado Francisco Bartoszek, em Juranda (Centro-Oeste do Paraná) foi o palco de um dia de campo promovido pelo entreposto da Coamo local e que abordou o tema Tecnologia de Aplicação de Defensivos Agrícolas. No evento, destaque para os pontos do Programa TA, da Coamo. Na parte prática, foram feitas aplicações em papel sensível, com diferentes tipos de pontas de pulverização. Participaram 35 cooperados da região.