Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 383 | Maio de 2009 | Campo Mourão - Paraná

Belezas naturais

Que tal o velho Chapecó?

Rio é considerado um dos mais importantes e bonitos de Santa Catarina e suas corredeiras banham toda a região Extremo-Oeste do Estado

Uma armadilha para peixes. Esta é uma das traduções para a palavra chapecó, que faz parte do vocabulário indígena da tribo Kaingang e que dá nome a um dos mais importes rios de Santa Catarina. O Chapecó percorre todo o Oeste do Estado até desaguar no Rio Uruguai, que compõe a Bacia do Prata. A reportagem do Jornal Coamo percorreu boa parte da ex-tensão do Chapecó, nos municípios de Abelardo Luz, São Domingos e Ipuaçu, no Extremo-Oeste de Santa Catarina, onde a Coamo mantém unidades, para revelar aos nossos leitores um pouco das belezas naturais existentes que formam o leito do rio, famoso por suas corredeiras e quedas d’água.

EXTENSÃO – O rio nasce dentro do município de Água Doce. Sua área total é de 8.180 quilômetros quadrados e extensão de cerca de 248 quilômetros.

RARA BELEZA – O cooperado Luiz Carlos Bauer, de Abelardo Luz, está na região há mais de 30 anos. A propriedade dele é contornada pelo rio. O agricultor conhece como poucos a história do Chapecó acompanhou a reportagem do JC no registro de cenas de rara beleza antes contemplada apenas pelos moradores locais. “O rio está na alma de todos nós. Não há quem não contemple e admire essas águas que estão arraigadas na cultura do povo desta região”, filosofa Bauer.

PARQUE DAS QUEDAS – Entre as imagens captadas ao longo do rio, destaque para os 30 quilômetros do alagado; inúmeras corredeiras praias naturais sobre pedras e belas cachoeiras. Ao longo do Chapecó são dezenas delas. As mais visitadas são as do Par-que das Quedas. O complexo é formado por um conjunto de sete quedas e outras três no Rio das Éguas, e trilhas ecológicas, observatório de pássaros, paredões de pedras esculturais, três ilhas e um bosque onde está o Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Ainda no Parque, atrás do véu branco das águas, fica a Gruta Caracol, conhecida por ter abrigado mais de 100 homens durante a Revolução Federalista (1893-95). O Parque, administrado pelo Hotel Quedas, está localizado a 500 metros do centro da cidade e fica aberto todo o ano.