Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 383 | Maio de 2009 | Campo Mourão - Paraná

Esporte e lazer/legislação/visitas

Copa Coamo começa dia 13 de junho

Primeira regional do maior evento esportivo rural do Brasil será disputada na região Sul e Centro-Sul e tem 90 equipes inscritas

Dia 13 de junho de 2009. Esta é a data para começar a 10ª edição da Copa Coamo de Cooperados – Futebol Suíço, pelos campos de Santa Catarina e do Paraná. A primeira regional acontecerá nas unidades de Abelardo Luz, São Domingos, Coronel Vivida, Mangueirinha, Candói e Cantagalo. Noventa equipes estão inscritas e mais de 1,3 mil cooperados-atletas estarão em campo na largada do maior evento rural esportivo do Brasil.

SANTA CATARINA – Por Santa Catarina, serão 33 equipes, sendo 17 na regional São Domingos: Granja Moura; Linha Quebra Queixo; Linha Cascata; Santo Antonio; Encruzilhada/Rotava A; Encruzilhada/Rotava B; Nova Arvorezinha; Linha Manfroi; Fazenda Arvoredo; Coronel Martins/Galvão; Catarinense de São João; União de São Francisco; Bela Esperança; Vila União; Sítio São Luiz; Toldo e Olaria e Passo Ferraz. E 19 na regional Abelardo Luz/Palmas, sendo as equipes abelardenses: Santa Luzia Canhadão; Folhas do Laranjal; Os Diversos; Santo Inácio; Ouro Verde; Bela Vista; Pinheiro Marcado A; Pinheiro Marcado B; Leões do KM 08; Uvaranas; Os Normais; Unidos da Santa Bárbara; Três Linhas; Araçá; Hervalzinho e Anta Gordinha; e as palmenses: São Jorge; Coronel Domingos Soares e Los Nipos.

SUDOESTE – Nas regionais no Sudoeste paranaense serão 16 equipes em Mangueirinha: Unidade Santo Antonio/Mangueirinha; Araucária; Linha Clara; Colônia Forte; Unidos de Mangueirinha; Portão; Dois Vizinhos; Liverpool do Lageado Grande; Juventus Bela Vista; União; Caçadorzinho; Linha Busqueroli; Canhada Funda; Campina Bela Esporte Clube; Itá I; Misturadão e União Morro Verde. E mais 14 equipes em Coronel Vivida: Linha Torteli; Bugre Alto/São Braz; Setor Cristo Rei, Rosário; Caçador/Linha Torteli; São Luiz/Santo Antonio; Bom Jesus; Jacutinga/São João; Cruzeiro da Abundância; Vista Alegre; Medianeira; Flor Da Serra; Honório Serpa I e Honório Serpa II.

CANDÓI – Na regional de Candói, no total serão 13 equipes, sendo oito por Candói: São Pedro; Garrafão; Santa Marta; São Judas; Três Palmeiras; Foz do Jordão; São Roque e Rio Novo. Três por Pinhão: Araucária; Gralha Azul e União. E duas equipes por Guarapuava: Gringolândia e Cerro Verde.

CANTAGALO – A regional Cantagalo será realizada pela primeira vez no município cantagalense reunindo 14 equipes: Invernadinha e Amigos “B”; Campo Alto; Invernadinha e Amigos “A”; Atlético do Perpétuo; Campo das Crianças; Juquiá e Amigos; Linha Restinga; Amigos do Passo Liso; São Francisco; Água Mineral; 14 de julho; Faxinal dos Carpinteiros; Lagoa Bonita e União Cantagalo.

PRÓXIMAS REGIONAIS – Após a largara no Sul e Centro-Sul, as próximas etapas serão disputadas no dia 20 de junho no Oeste e no dia 27 de junho no Vale do Ivaí. As inscrições estão abertas e poderão ser feitas junto às coordenações regionais nos entrepostos da Coamo nas respectivas regionais.

Vazio sanitário contra a ferrugem

Os sojicultores sulmatogrossenses e paranaenses devem ficar atentos quanto ao Vazio Sanitário da Soja. No Paraná a medida começa a valer a partir do dia 15 de junho e no MS em 1º de julho. O vazio sanitário é o período em que é proibido cultivar soja ou deixar germinar planta voluntárias na lavoura. O objetivo da medida sanitária é interromper o ciclo do desenvolvimento do fungo causador da doença e diminuir os custos com o tratamento da lavoura nas safras seguintes. Neste sentido, os agricultores devem eliminar as plantas vivas ou remanescentes até 14 de junho de cada ano.

FISCALIZAÇÃO – Segundo o agrônomo Gualberto Célio Pinto, do Departamento de Fiscalização (Defis) da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (SEAB), Núcleo Regional de Campo Mourão, no Centro-Oeste paranaense, na safra 2005/2006 o prejuízo causado pelo fungo foi de 3,8 bilhões. “Reduzir o inócuo inicial da ferrugem é muito importante, pois o fungo se reproduz muito rapidamente e a quantidade de esporos só vai aumentando durante a safra. Então, quanto mais se conseguir atrasar a doença, mais fácil será seu controle”, explica o agrônomo da SEAB.

CONSCIÊNCIA – O Defis informa que a orientação é fechar o cerco contra quem não cumprir as normas do vazio sanitário contra a ferrugem. “Um fator positivo que observamos até agora é que o agricultor respeita e tem dado grande importância a esta medida”, observa Célio Pinto.

Diretores da Basf visitam a Coamo

 

 

 

 

 

 

 

Diretores da Basf estiveram na Coamo no dia 14 de abril. Na agenda, além de reuniões, também constou uma visita à Fazenda Experimental da cooperativa, onde o presidente da Basf conferiu a árvore plantada por ele em 2002. Na foto ao lado, José Varago, superintendente Técnico da Coamo; Rolf Dieter Acker, presidente Basf; Water Dissinger, vice-presidente Basf; Claudio Francisco Bianchi Rozzatto, vice-presidente da Coamo; e Eduardo Leduc, diretor Comercial Basf

CLIENTES SUECOS – Representantes da cooperativa da Suécia Svenska Lantmännen, visitaram a Coamo recentemente. Na foto, Stefan Hedberg, Kjell Larson, da Svenska; Alcir José Goldoni, superintendente Comercial; Dr. Aroldo Gallassini, diretor-presidente; Rogério Tranin de Melo, gerente Comercial de Produtos Agrícolas; e Fernando Domingues Bosqueiro, assessor de Comercialização da Coamo; Per Arnt, da Svenska; e Per Madson, corretor dinamarquês

COMUNICAÇÃO – Com a presença de 45 profissionais, aconteceu nos dias 20 e 21 de maio, em Palotina (Oeste do Paraná), o Fórum de Comunicação das Cooperativas Paranaenses. O evento foi realizado pelo Sistema Ocepar, com apoio do Sescoop Paraná, teve por objetivo o aperfeiçoamento pessoal e profissional de comunicação das cooperativas paranaenses sobre o novo acordo ortográfico e as conseqüências para quem escreve e técnicas de desenvolver a comunicação adequada com o uso correto da voz e da postura.