Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 412 | Março de 2012 | Campo Mourão - Paraná

Credicoamo

Mais um ano de bons resultados

Associados da Credicoamo receberam um total superior a R$ 10 milhões, proveniente das sobras do exercício de 2011

Em mais um ano de excelente desempenho, cooperados da Credicoamo Crédito Rural Cooperativa estão comemorando os resultados obtidos em 2011, e com o recebimento de um total superior a R$ 10 milhões, proveniente das sobras, cuja destinação foi aprovada no dia 17 de fevereiro, por centenas de associados presentes na 22ª Assembleia Geral Ordinária realizada na administração central da cooperativa em Campo Mourão.

No relatório da gestão apresentado aos cooperados, o presidente da Credicoamo, José Aroldo Gallassini, destacou que a principal diretriz da cooperativa é financiar as atividades produtivas dos seus associados, com a manutenção de todas as linhas de crédito ativas, seja com recursos próprios da Cooperativa ou por meio de repasses, como também com Termo de Cooperação Técnica junto ao BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul.

A Credicoamo efetivou aplicação de R$ 516,31 milhões na concessão de financiamentos de crédito rural e nas demais modalidades de empréstimos e financiamentos, com a contra-tação de 14.927 operações de crédito, representando um crescimento de 24,89% nos valores contratados em relação a 2010.

SOLIDEZ – Para Gallassini, os agricultores associados da Credicoamo são privilegiados. Como são associa-dos da Coamo eles já receberam sua parte na distribuição das sobras no dia 13 de fevereiro e com a Credicoamo fizeram jus as sobras pela sua movimentação no exercício de 2011. "A Credicoamo é o banco dos associados da Coamo, e este momento é de muita alegria. Ficamos felizes em novamente encerrar um ano de resultados positivos e sobras significativas para a satisfação dos produtores. Eles sabem que quanto mais trabalharem com sua cooperativa de crédito mais ganham e comemoram a cada ano."

Capital Social

Na Assembleia, os Associados da Credicoamo aprovaram várias alterações no Estatuto Social, para atualização da legislação. Entre elas, a possibilidade deles retirarem o seu capital social, permanecendo como associado, desde que mantenha em sua conta capital o valor mínimo exigido para ingresso na cooperativa.

Assim, o associado com mais de dez anos de sócio na Credicoamo e completar 65 anos de idade, poderá retirar 50% do seu capital social e, após completar 70 anos de idade, poderá requerer a retirada do restante. Após completados 70 anos de idade, o associado poderá retirar o saldo de seu capital acumulado a cada novo período de dois anos.

Também, o associado com idade igual ou superior a 70 anos de idade, poderá retirar o seu capital social, mesmo que não tenha completado dez anos de permanência no quadro social da Credicoamo. Os associados terão direito a este importante benefício a partir do dia 1º de julho deste ano.

Fala Cooperado