Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 412 | Março de 2012 | Campo Mourão - Paraná

Fatos e Fotos

2012 Ano Internacional das Cooperativas

A Assembleia Geral da ONU declarou 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas, destacando a contribuição das cooperativas para o desenvol-vimento socioeconômico e reconhecendo seu trabalho para a redução da pobreza, geração de emprego e integração social, onde oferecem um modelo de negócio que contribui para o desenvolvimento socioeconômico dos cooperados e comunidades onde atuam.

Entre os objetivos do Ano Internacional das Cooperativas, destacam-se: Aumentar a consciência pública sobre as cooperativas e suas contribuições para o desenvolvimento socioeconômico e para a realização dos Objetivos de Desenvol-vimento do Milênio. Promover a formação e o crescimento das cooperativas. Incentivar os governos a estabelecer políticas, leis e regulamentos propícios para a formação, crescimento e estabilidade das cooperativas. A conquista do Ano Internacional das Cooperativas é inédita e recebida com grande orgulho, já que o tema está sendo considerado no âmbito mundial como de grande importância para o desenvolvimento sócio-econômico.

Código Florestal

Até a data do fechamento desta edição do Jornal Coamo (16 de março), a votação do novo Código Florestal continuava indefinido na Câmara do Deputados. A mudança no comando das lideranças do governo na Câmara e no Senado adiou, mais uma vez, a votação que estava prevista para o dia 13 de março. A reforma foi aprovada pelos deputados em maio de 2011, seguiu para o Senado, e agora a Câmara precisa avaliar as alterações feitas pelos senadores. Por determinação da presidente Dilma Rousseff, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) substituiu o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) na liderança do governo. As propostas de mudança no Código Florestal, que é de 1965, tramitam na Câmara há mais de dez anos.

O relator do novo Código Florestal, deputado Paulo Piau (PMDB-MG), já concluiu seu parecer. Entre as mudanças que fez no texto vindo do Senado, ele pretende retirar o artigo que prevê um percentual mínimo de área verde nas novas expansões urbanas. O relator considera que as regras para as áreas de preservação permanente (APPs) que foram ocupadas ilegalmente por atividades como a pecuária são o ponto mais difícil para um acordo. Paulo Piau diz esperar que o novo líder do governo estude bastante a proposta, por considerar que o novo código é urgente para o País.

Coamo na Embrapa Oeste no MS

"Cenário Agrícola regional – A visão do setor Cooperativista." Este foi o tema da palestra ministrada pelos engenheiros agrônomos da Coamo - Nei Leocádio Cesconetto, gerente de Assistência Técnica e José Carlos Andrade, encarregado do departamento Técnico em Caarapó-, no dia 6 de março de 2012 em Dourados, Mato Grosso do Sul, no Seminário para a avaliação dos trabalhos da Embrapa Agropecuária Oeste. Na oportunidade, a Coamo apresentou um rol de sugestões das demandas para a Embrapa Oeste, do MS. O evento foi coordenado por Fernando Mendes Lamas, Chefe-Geral da Embrapa Agropecuária Oeste, e contou com a participação dos técnicos da Instituição Sul-matogrossense e do ex-ministro da Agricultura Alysson Paulinelli.

Visita de Chilenos

Um grupo formado por técnicos e agricultores do Chile estiveram recentemente visitando o Brasil. Acom-panhados de representantes do Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa), o grupo passou pelas principais regiões produtoras do Brasil. Na Coamo, eles acompanharam um dos dias de Encontro de Cooperados na Fazenda Experimental.