Fatos e Fotos     



Coamo, 34 anos

INDUSTRIALIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ÁREA DE ATUAÇÃO IMPULSIONAM AVANÇO DA COOPERATIVA

Dezenove mil cooperados; cerca de 5 mil funcionários; 80 unidades no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul; e um complexo industrial que transformou, em 2003, dois milhões de toneladas de produtos. Este é um rápido perfil da Coamo, a maior cooperativa agropecuária singular da América Latina e a segunda maior empresa do Paraná, que completou, no dia 28 de novembro, 34 anos de história.

Desde a sua fundação, a Coamo cultua valores como o profissionalismo, a competência e a qualidade, que estão internalizados em cada uma das pessoas ligadas direta ou indiretamente aos negócios da cooperativa.

Atuando diretamente em 4 milhões de hectares de terras, recebendo e comercializando anualmente mais de 3 milhões de toneladas de grãos, a Coamo é uma empresa que responde, sozinha, por 3,7% da produção nacional de grãos e fibras, 17% da safra paranaense e 16% do total das exportações das cooperativas brasileiras. Em 2003, a cooperativa registrou receitas globais de R$ 3,3 bilhões, com um crescimento de 45% em relação ao ano anterior. “Crescemos em 2003 como havíamos crescido em 2002 e em todos os anos da nossa história. Esta é a nossa estratégia: o trabalho sério e organizado, que sempre haverá de produzir riquezas e progresso”, comemora o diretor presidente da Coamo, engenheiro agrônomo José Aroldo Gallassini.

 

Unimed Mais 500 supera expectativas

A campanha Unimed Rural Mais 500 foi muito bem recebida pelo quadro social da Coamo. Lançada no dia 25 de outubro, ela tinha como objetivo inicial a inclusão de 500 vidas no plano de saúde, que é exclusivo dos cooperados Coamo. Mas a aceitação foi tão grande que a meta foi superada em pouco mais de uma semana.

“Os números são excelentes e demonstram que os cooperados valorizam o projeto”, lembrou o presidente da Coamo, Dr. Aroldo Gallassini. Até 23 de novembro, 1.230 vidas já haviam sido contratadas.

Semente tratada é veneno

Este é o slogan de uma campanha que acaba de ser lançada pela Coamo, cujo objetivo é conscientizar o produtor rural a não misturar a semente tratada para o plantio com produtos para consumo. A iniciativa surgiu diante de uma série de ocorrências, verificadas em anos anteriores, com o descarte da sobra de sementes tratadas. Entre as estratégias da campanha está um cartaz (detalhe) que foi afixado em todas as unidades da cooperativa, alertando para os riscos e recomendando ações para coibir a venda de semente tratada para o consumo.

 

 

 

 

 

 

 




JUSTIÇA FEDERAL - Integrantes da Justiça Federal em Campo Mourão visitaram a Coamo recentemente. Na foto, Luiz Natimatsu (Técnico Judiciário), Luís Carlos Viana (diretor de Secretaria, em exercício), Dr. Marcos Cesar Romeira Moraes (Juiz Federal), Dr. José Aroldo Galassini (presidente da Coamo), e Dr. Rosney Massarotto de Oliveira (acessor Jurídico da Coamo)

 

 

 

 

 

 

 


 Página Inicial   Índice Geral