Preservação Ambiental     



Meio ambiente? Presente!

COAMO PROMOVE CICLO DE PALESTRAS NAS ESCOLAS DE JURANDA E ORIENTA 1,2 MIL ALUNOS PARA UMA CONSCIÊNCIA PRESERVACIONISTA

Temas como as mudanças climáticas; o efeito estufa; a degradação de ecossistemas; e a poluição de rios e mares vêm sendo cada vez mais discutidos em âmbito mundial, promovendo a crescente conscientização comunitária em relação as questões ambientais, uma vez que há uma tendência de criação de leis mais rígidas neste sentido. Neste cenário, a preocupação com o meio ambiente vem ganhando espaço na sociedade.

Na Coamo, a preocupação com a qualidade do meio ambiente faz parte da cultura da empresa. Todos os anos, a cooperativa realiza uma série de eventos que buscam conscientizar os cooperados e a comunidade para a preservação dos recursos naturais. Um deles aconteceu recentemente em Juranda (no centro-oeste do Paraná). Por iniciativa do entreposto da cooperativa, os alunos do ensino fundamental da rede pública do município participaram de um ciclo de palestras que abordou temas como o descarte de embalagens vazias de agroquímicos e tratamento de sementes de soja. No total foram realizadas 45 palestras, que envolveram 1,2 mil alunos, a maioria filhos de agricultores, e 32 professores.

“O nosso objetivo é formar uma consciência preservacionista entre os jovens estudantes, buscando uma melhor qualidade de vida para a nossa região”, enfatizou o engenheiro agrônomo Valdemiro Nesi, encarregado do Departamento Técnico (Detec) do entreposto da Coamo em Juranda. Ele explicou aos alunos os pontos relacionados a legislação vigente, esclarecendo sobre as responsabilidades por danos ambientais. “Os jovens podem e devem colaborar para que o meio ambiente seja efetivamente protegido”.

COMUNIDADE PARTICIPATIVA - A idéia das palestras surgiu da necessidade de buscar uma maior participação e aproximação da comunidade ao trabalho desenvolvido no campo, pela Coamo. E a estratégia deu certo. O interesse dos estudantes não poderia ter sido maior, o que validou o esforço concentrado para a realização do projeto, uma vez que os benefícios são em prol de toda comunidade e não somente dos os agricultores.

O engenheiro agrônomo Sérgio Bertolla Júnior, que também ministrou as palestras, conta que os alunos foram bastante receptivos com a idéia e conseguiram assimilar a mensagem proposta. “Ficou evidente que eles entenderam a fundo o nosso objetivo. “Com esse trabalho, uma das intenções da Coamo é diminuir o número de embalagens contaminadas recebidas pela unidade de Juranda”, disse Bertola.

INICIATIVA VALORIZADA - A professora Meire Esgarione, da Escola João Maffei Rosa, elogiou a iniciativa da Coamo. Para ela, o trabalho foi exemplar e despertou o interesse das crianças para com a preservação do meio ambiente, demonstrando que a preocupação não ficar apenas na teoria e sim ser colocada em prática. “Eles estão mais conscientes. Se os técnicos tiveram o trabalho de vir até a sala de aula é por que realmente o assunto é muito importante, e eles perceberam isso”, contou.

Ana Paula de Oliveira Pizolli, aluna do Maffei Rosa, disse as palestras foram muito bem aproveitadas e serviram para abrir os olhos dos alunos. “É uma informação que vamos guardar pelo resto da vida. Assim, só temos a agradecer a Coamo pela iniciativa de acrescentar conhecimento ao nosso dia-a-dia”, valorizou.


 Página Inicial   Índice Geral