Homenagem
Unespar/Fecilcam recebe comenda

Rubens Sartori e Sinclair Pozza, da Unespar/Fecilcam
No ano em que comemora 30 anos de fundação, a Unespar/Fecilcam - Universidade Estadual do Paraná/Faculdade de Ciências e Letras de Campo Mourão, foi agraciada no último dia 23 de agosto com a Comenda 10 de Outubro, a mais alta honraria recebida pela primeira faculdade da Comcam - Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão em toda a sua história vitoriosa de três décadas.
A Comenda 10 de Outubro é uma iniciativa dos Poderes Legislativo e Executivo do município de Campo Mourão, criada para homenagear entidades representativas do município em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados em prol de Campo Mourão e região.A Unespar/Fecilcam conta hoje com um corpo docente de 134 profissionais e 66 funcionários na prestação de serviços aos seus 3 mil alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. 

História - A Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão, mantida pela Fundação de Ensino Superior de Campo Mourão (Fundescam), fundação de direito privado, foi criada em 24 de agosto de 1972, pela Lei Municipal nº 26/72, e transformada pela Lei Municipal 191/78, de 24 de abril de 1978, em fundação de direito público.

A instituição oferece atualmente os cursos de Geografia, Letras, Pedagogia, Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia de Produção Agro-Industrial, Matemática, Turismo e Meio Ambiente. Brevemente, serão implantados os cursos de Engenharia mecânica e Engenharia Eletrônica, restando apenas o parecer final do Governo do Estado, já que todos os procedimentos preliminares foram realizados com aprovação do Conselho Estadual de Educação.

Orgulho - Para o diretor-presidente da Unespar/Fecilcam, Rubens Luiz Sartori, a Comenda 10 de Outubro é um fato marcante nos 30 anos da entidade. "Estamos felizes e com orgulho recebemos esta significativa honraria, dividindo o sucesso e o progresso da nossa instituição com todos os nossos professores, funcionários, alunos e colaboradores, bem como com toda a comunidade local e regional", disse Sartori.