Novidade     



Credicoamo implanta atendimento assistido

COOPERADOS ACESSAM MOVIMENTAÇÃO DE CONTAS, MESMO EM UNIDADES DA COAMO QUE NÃO POSSUEM PAC’s

Depois dos terminais eletrônicos de auto-atendimento, implantados nos Postos de Atendimento Cooperativos (PAC’s), a Credicoamo iniciou a operacionalização de um sistema de atendimento assistido. Pela nova modalidade, o cooperado pode solicitar, em todas as unidades da Coamo, a consulta de extratos consolidados da sua movimentação financeira, mesmo em unidades da Coamo onde não há posto de atendimento da Credicoamo. O extrato consolidado contempla a movimentação da conta corrente, saldo das aplicações financeiras e também dos empréstimos e financiamentos. A nova proposta está agradando os cooperados, na medida em que oferece maior comodidade ao quadro social.

O gerente da Credicoamo, José Luiz Conrado, lembra que a nova modalidade proporciona uma grande vantagem para os cooperados, uma vez que democratiza ainda mais o acesso às informações. “O sistema foi criado para auxiliar os cooperados que estão em trânsito ou mesmo os que têm propriedades em localidades onde ainda não há o atendimento direto da Credicoamo”, explica.

De forma rápida e segura, o sistema permite a impressão de extratos consolidados da movimentação financeira do cooperado da Credicoamo dos últimos três meses. “É como se fosse um auto-atendimento, mas com a assistência personalizada”, salienta o engenheiro agrônomo José Aroldo Gallassini, diretor presidente da Credicoamo e Coamo.

A nova modalidade está disponível para todos os cooperados da Credicoamo. Com o sistema, a cooperativa ampliou em seis vezes os seus pontos de atendimento on-line. “Habilitamos todos os entrepostos e postos de atendimento da Coamo e agora temos condições de atender os nossos cooperados em 86 pontos de atendimento, nos 51 municípios da área de ação da Coamo, no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul”, comemora Dr. Aroldo.


Credi lança campanha para captação de recursos

A Credicoamo está disponibilizando mais um benefício para seu quadro social, composto por cerca de 5 mil cooperados. Trata-se da campanha de captação de recursos que tem por objetivo atender a crescente demanda de financiamento por parte dos cooperados. A campanha foi iniciada dia 21 de outubro e prossegue até o próximo dia 10 de dezembro.

As captações estão sendo efetuadas em modalidades cujo rendimento é calculado com taxas de juros pré-fixada ou pós-fixada. Se a opção for por rendimento pré-fixado, o cooperado poderá optar pela aplicação através da modalidade RDC – Recibo de Depósito Cooperativo, com prazo mínimo de aplicação por 120 dias e com resgate no vencimento, e também através da modalidade Credimax-91, com prazo de resgate superior a 91 dias, que tem reaplicação automática e resgate mediante aviso. Se a opção for por rendimento pós-fixado, o cooperado tem a sua disposição a modalidade RDP-DI – Recibo de Depósito a Prazo, com remuneração correspondente a um percentual da taxa DI, com prazo mínimo para resgate de 120 dias.

“Todas as modalidades são de renda fixa, portanto com baixo risco e retorno garantido, uma vez que o rendimento é sempre positivo e não oscila em relação a marcação de mercado (variação que ocorre nas contas dos fundos de renda fixa), variação cambial, variação de índice de preço com correção negativa e variação das ações em bolsa”, explica José Luiz Conrado, gerente da Credicoamo. Para as captações efetuadas no período da campanha, será feito o reembolso da CPMF calculado sobre o valor do capital que permanecer aplicado pelo prazo mínimo estipulado na respectiva modalidade;

“A missão da Credicoamo é gerir as disponibilidades financeiras de seus cooperados e oferecer serviços, além de propiciar a assistência financeira em suas atividades”, assegura o presidente da Credicoamo, Dr. Aroldo Gallassini. Segundo ele os recursos das aplicações financeiras que o cooperado faz na Credicoamo são disponibilizados integralmente para utilização em operações de crédito, beneficiando todo o quadro social e com isso permite fomentar a produção e a produtividade.


 Página Inicial   Índice Geral