barra Site Coamo barra
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 366 | Outubro de 2007 | Campo Mourão - Paraná

Parceria

Coamo e BB lançam linhas de crédito

Convênios facilitarão acesso e agilizarão liberação de crédito para custeio e investimentos aos cooperados da área de ação

O encontro promovido no dia 19 de outubro, em Campo Mourão (Centro-Oeste do Paraná), entre a diretoria e gerentes da Coamo e do Banco do Brasil, teve como objetivos o fortalecimento do relacionamento entre as duas instituições, e o lançamento de duas novas linhas de crédito em benefício dos produtores associados da Coamo. Trata-se das modalidades Pronaf CFC e Simplifin, que estão sendo disponibilizadas ao quadro social nos entrepostos da cooperativa em parceria com o Banco do Brasil e facilitará o pleito dos produtores com acesso direto a recursos de custeio e investimento com maior agilidade e menores taxas de juros. Os convênios celebrados entre as diretorias da Coamo e do Banco do Brasil foram assinados na manhã de ontem na administração central da cooperativa em Campo Mourão, na presença de gerentes das duas instituições nos estados do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

O Pronaf CFC é uma linha de crédito para custeio e investimento, da qual muitos cooperados poderão participar mediante formalização de proposta na Coamo. O montante do crédito obedece a valores definidos de acordo com as diversas categorias do programa, sendo observado o limite da renda bruta anual dos produtores.

Com relação ao Simplifin, o presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini, explica que entre as vantagens desta linha para investimento estão a agilidade no processo e na liberação do crédito sem burocracia, que irá facilitar ainda mais a vida dos cooperados da Coamo.  Segundo ele, com a desburocratização do Pronaf e do Simplifin, os produtores terão acesso a recursos com menor taxa de juros. “Essas novas linhas são bem-vindas e deverão reduzir e baratear os custos de produção. No caso do Pronaf CFC os juros variam de 2 a 5%, os cooperados terão acesso ao “Proagro Mais” com garantia de 100% do custeio e 65% da receita líquida esperada, em caso de frustração de safra, e também ao seguro de preço com garantia de rebate direto no finan-ciamento. Trata-se de um grande benefício para os cooperados, que poderão buscar mais informações diretamente nos seus respectivos entrepostos”.

Custeio e Investimento – Para o superintendente estadual do Banco do Brasil no Paraná, Danilo Angst, as novas linhas de crédito firmada na parceria com a Coamo se encaixam perfeitamente nas atividades dos cooperados e podem colaborar para ampliar os recursos de custeio e investimento, além de garantir as condições do plantio e da produção agrícola. “São linhas disponíveis sem burocracia, com acesso direto através da parceria com a Coamo, que irão crescer muito e propiciar um desenvolvimento maior a classe produtora nas regiões da Coamo. Representa crédito no momento certo com maior agilidade e rapidez onde todos ganham: a Coamo, os cooperados e o Banco”.

Por sua vez, Angst avaliou como positivo e eficaz, o encontro realizado entre os profissionais da sua instituição com a Coamo ontem em Campo Mourão. “Se fossemos avaliar este encontro em uma palavra, afirmo que esta seria aprendizado. No dia de hoje, os funcionários e os administradores do Banco do Brasil no Paraná, Santa Catarina e no Mato Grosso do Sul aprenderam muito sobre a Coamo, e com ela sobre o agronegócio brasileiro, principalmente, de que forma poderemos contribuir ainda mais com os produtores rurais associados da Coamo para impulsionar o seu desenvolvimento agrícola”, assegura Angst. Diante da parceria estabelecida, ele afirma que vem gerando bons frutos há quase quatro décadas e irá continuar cada vez mais fortalecida, sempre com o objetivo de garantir o atendimento às necessidades dos produtores rurais.

A comitiva do BB conheceu a Administração Central, a fazenda experimental e o parque industrial da Coamo.