barra Site Coamo barra
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 354 | Setembro de 2006 | Campo Mourão - Paraná

Gerenciamento Rural

Na ponta do lápis em família

Milhares de cooperados e esposas participam de palestras com o tema Gerenciamento Rural nos entrepostos

“Suas contas na ponta do lápis”. Este é o slogan do recém-criado Programa Coamo de Aperfeiçoamento em Gerenciamento Rural que vem ganhando grande repercussão entre a família Coamo. Dentro das etapas do programa, cooperados e familiares estão participando este mês de palestras para conhecer melhor o que é, quais os objetivos; como funciona e como  aderir e fazer parte deste importante instrumento idealizado pela Coamo visando o aprimoramento da gestão rural dos cooperados. “Em todos os entrepostos estão sendo promovidas dezenas de palestras que contabilizam milhares de cooperados e esposas. Os resultados preliminares apontam para um grande número de adesão dos cooperados, em função da grande aceitação e interesse na participação do programa”, informe  o engenheiro agrônomo Nei Leocádio Cesconetto, gerente de Assistência Técnica da Coamo.

Com os filhos – Em Mamborê (Centro-Oeste do Paraná), também foi expressiva a participação da família cooperada. O produtor José Carlos Schmidt que participou de uma das palestras sobre Gerenciamento Rural ao lado da esposa Leonira e dos  filhos Karem e Kássio, fez questão de elogiar a iniciativa da Coamo. “É uma grande idéia, pois se o agricultor não se organizar e começar a anotar tudo, não estará gerenciando a sua atividade. Este programa vai ajudar a fazer com que nós possamos ter um maior profissionalismo dentro da atividade rural. Se nós não formos profissionais na agricultura, dificilmente vamos sobreviver”, argumenta o cooperado, dizendo que vai começar do zero na gestão da propriedade, inclusive com o apoio dos filhos. “Eles vão assumir a propriedade mais tarde. Assim, já estão por dentro da importância deste trabalho”.

A esposa de José Carlos, dona Leonira Schmidt, destaca a idealização do programa e os benefícios que a iniciativa poderá conquistar com a sua implantação. “Este trabalho é muito bom. Gostei da idéia. Com certeza vai nos ajudar muito, pois temos que saber e anotar na ponta do lápis o nosso negócio no dia-a-dia”, garante.

Incentivo – O cooperado Juarez Scarabelot, da região de Piquirivaí, distrito de Campo Mourão (Centro-Oeste do Paraná), tem o mesmo pensa-mento. “A Coamo está no caminho certo e está fazendo o seu papel, incentivando o associado a caminhar pela mesma estrada. Este programa de gerenciamento rural vai nos  auxiliar em muito em nossa atividade”, assegura Scarabelot. Segundo ele, a partir de agora os cooperados terão uma importante ferramenta para ajudar no aperfeiçoamento da gestão rural.

Satisfação – Para o cooperado Agostinho Dalchiavon, da região de Coronel Vivida (Sul do Paraná), o lançamento do programa pela Coamo é motivo de satisfação para todos os cooperados e familiares. “Este é mais um momento importante na vida de todos nós cooperados da Coamo. Somos orgulhosos em sermos associados de uma cooperativa como esta, que está ao nosso lado no dia-a-dia”, observa”.

Treinamento – Após as palestras de sensibilização, a próxima etapa do Programa Coamo de Aperfeiçoamento em Gerenciamento Rural será a realização de treinamentos com os cooperados que aderiram ao programa em toda a área de ação da cooperativa. “O objetivo desses treinamentos será informar aos participantes quais são os procedimentos para preenchimento, no caderno de anotações, dos custos de produção e das despesas invisíveis”, explica Nei Cesconetto, informando que o caderno de anotações é um instrumento a ser utilizado no desenvolvimento do programa.