Site Coamo
Coamo Agroindustrial Cooperativa | Edição 387 | Serembro de 2009 | Campo Mourão - Paraná

Crédito Rural

Credicoamo nas Reuniões de Campo

Cooperativa apresenta avanços e destaca crescimento do volume de operações em benefício do quadro social

Entre os temas abordados pela diretoria da Coamo durante as Reuniões de Campo deste segundo semestre, os avanços no atendimento ao quadro social e o crescimento do volume de operações da Credicoamo também foram destaques. Os financiamentos de custeio repassados aos cooperados para as safras de verão 2008/09 e inverno 2009, através da Credicoamo, somaram mais de R$ 380 milhões, para um volume de mais de 7 mil projetos. “Sobre as propostas de custeio, a preocupação da cooperativa é com o seguro da lavoura. Por isso, 97,5% das propostas atendidas pela Credicoamo tiveram algum tipo de proteção, seja através do Seguro Agrícola ou do Proagro”, explica José Luiz Conrado, gerente Administrativo da Credicoamo. Segundo ele, ainda para o período 2008/09, as operações de investimentos com recursos do BRDE e BNDES, atendendo programas como o Moderfrota, Prolapec, Moderagro e Fertilidade do Solo, somaram R$ 15,2 milhões, contemplando 173 projetos.

A Credicoamo possui 21 Postos de Atendimento Cooperativo (PAC’s), que atendem no Paraná e em Santa Catarina. O quadro social é formado por 7,3 mil cooperados. Em 2008, a Credicoamo apresentou ativo total superior a meio bilhão de reais e sobras de R$ 21,4 milhões.

Seguro pela média do produtor

Cobertura da lavoura será maior, o que implica, em caso de frustração de safra, em menor dependência de prorrogações futuras

A Credicoamo está com uma novidade para o seu quadro social: a partir desta safra o Seguro Agrícola para a lavoura de soja pode ser contratado tomando por base a média histórica do próprio produtor rural, considerando os últimos nove anos, dos volumes entregues na Coamo, limitada a 85 sacas por alqueire. Esta, segundo o gerente de produção da Credicoamo, Dilmar Peri, é uma condição exclusiva para as operações contratadas nas regiões do Paraná. Nos estados de Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, as contratações ainda serão operacionalizadas pelas médias do IBGE.

“Já é um grande avanço. Normalmente as médias dos produtores são superiores às médias apuradas pelo IBGE. A diferença pode variar de 20% a 30%. Por isso, a cobertura da lavoura será maior, o que implica, em caso de frustração de safra, em menor dependência de prorrogações futuras”, explica Peri. Outro benefício apontado pelo gerente da Credicoamo é que, diferente do Proagro, por exemplo, a cobertura do Seguro Agrícola pela média histórica do produtor envolve não apenas o custo de produção. “Ela garante um algo a mais, como um retorno de parte do capital empregado ou desgaste do maquinário”, destaca, ressaltando que, como diferencial em relação ao Proagro, há o benefício da cobertura de replantio no caso de eventos com granizo na fase de emergência da cultura.

INVESTIMENTO – Outra novidade, é o Finame PSI – Programa BNDES de Sustentação do Investimento. A modalidade também vem sendo operacionalizada pela Credicoamo e está disponível para o quadro social da cooperativa em todos os seus postos de atendimento. A linha de crédito é destinada a investimentos na aquisição de máquinas e implementos adquiridos na Coamo, com taxa de juros de 4,5% ao ano e prazo para pagamento que pode variar de 6 a 8 anos, com alienação fiduciária do bem financiado.

VOLUME DE CUSTEIO – A Credicoamo continua com as contratações para o financiamento de custeio da safra de verão 2009/2010. Para o período, o volume de recursos será 30% maior que o repassado na safra anterior, o que, na avaliação da diretoria da cooperativa, será suficiente para atender todos os associados que atenderem as políticas creditícias da cooperativa. “Os recursos estão sendo disponibilizados para as linhas de Pronaf (3% a 5,5%), Proger Rural (6,25%) e Demais Produtores (6,75% ao ano). Todas as linhas terão proteção do Proagro e Seguro Agrícola”, assegura o diretor-presidente da Coamo e Credicoamo, José Aroldo Gallassini.