Notícias Coamo


03/08/2015
COMUNICADO
FALECEU o ex-diretor da Coamo e Credicoamo, Sérgio Luiz Panceri

Faleceu ontem,  2 de agosto de 2015, o pioneiro, agricultor, cooperativista, ex-diretor da Coamo e Credicoamo, e da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar),  Sérgio Luiz Panceri, 81, por problemas de saúde.
Durante 33 anos ele foi diretor da Coamo e também da Credicoamo e da Ocepar. Na sua vida comunitária,  sempre participou do Rotary Clube, com o ideal de ajudar e colaborar com os outros. É um dos sócios-fundadores do Rotary Campo Mourão, em 1969, ao lado de José Aroldo Gallassini, Ademar Batista de Mello, Luiz Massaretto, Vicente Urbano Leite, Nelsinho Teodoro de Oliveira e Manoel do Nascimento. Em abril de 2008 recebeu o título de Cidadão Honorário do Município de Moreira Sales e em outubro de 2013 a honraria  pelo Município de Campo Mourão.Também foi homenageado pelo cooperativismo paranaense com o Troféu Ocepar, pelos relevantes serviços prestados ao sistema. 
HISTÓRIA – Sérgio Luiz Panceri nasceu em  Caxias do Sul em  30 de abril de 1934. Mourãoense de coração desde o ano de 1956,  primeiro filho de Antonieta Casali e Carlos Panceri. Viveu em Caxias do Sul até dezembro de 1939. Em dezembro de 1939, mudamos para Rio Bonito – que a partir de 1948 passou a ser chamar Tangará, em Santa Catarina - a pedido do avô Luiz Panceri, que queria reunir a família para tocar uma tecelagem (Tecelagem de Seda e Rayon Panceri e Ltda).
Seu primeiro emprego foi em 1948,com 14 anos. Estudava na parte da manhã e à tarde trabalhava na Tecelagem onde era auxiliar na seção de estamparia. Em janeiro de 1953, com 18 anos, mudou-se para Lages em Santa Catarina junto com minha família, e iniciou os estudos de Contabilidade – formou-se em 17 de dezembro de 1955 Técnico em Contabilidade na Escola Técnica de Comércio Santo Antônio.
CAMPO MOURÃO – Chegou em Campo Mourão em 1956 para trabalhar com os empreendimentos de Aldo Casali. Trabalhou com a família Casali, não só como contador, mas também, fazendo e aprendendo todo serviço que se apresentasse como torneiro, soldador, ferreiro e, posteriormente, na área do comercio de peças e acessórios. 
Em maio de 1961 participou como sócio na fundação da Ferragem Casali Ltda, como sócio majoritário o tio, amigo e apoiador Aldo Casali.  Em 1967, por iniciativa de Aldo Casali, o grupo fundou a  Pedreira Santa Maria, mais tarde Casali e Cia  Ltda.
COAMO E CREDICOAMO- No final do ano de 1974 ele foi  convidado pelo amigo e companheiro José Aroldo Gallassini  para fazer parte da chapa encabeçada por ele, para disputar a Diretoria da Coamo. “Fomos eleitos em 18 de janeiro de 1975 e modéstia à parte fizemos um grande trabalho. Permaneci trabalhando na diretoria da Coamo por 33 anos.”
Esteve na criação da Credicoamo em 17 de novembro de 1989, onde também foi diretor administrativo da Credicoamo no período entre 1996 a 2006.  “Fui diretor da Ocepar entre os anos de 2003 e 2007 e recebi homenagem das cooperativas paranaenses em reconhecimento à minha contribuição ao sistema cooperativo.”
HOMENAGEM DA COAMO APÓS 33 ANOS DE TRABALHO  - O agricultor e cooperativista Sérgio Luiz Panceri, ex-diretor da Coamo, da Credicoamo e da Ocepar, faleceu na manhã de domingo, 2 de agosto de 2015 em Campo Mourão.  Ele recebeu importante homenagem dos cooperados, diretoria e funcionários da Coamo na 38ª Assembléia Geral Ordinária (AGO), realizada no dia 15 de fevereiro de 2008. Durante 33 anos ele foi membro do Conselho de Administração da Coamo, atuando inicialmente como membro suplente, depois como diretor-secretário e diretor vice-presidente.
TRAJETÓRIA VITORIOSA - Sérgio Luiz Panceri prestou relevantes serviços à Coamo.  O presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini,  presidente da Coamo, na oportunidade, manifestou o agradecimento de toda a família Coamo a trajetória e ao trabalho vitorioso de Sérgio Luiz Panceri na cooperativa. “Sérgio, parece que foi ontem, mas já ultrapassamos 33 anos de caminhadas juntos, desde a sua primeira eleição para diretor-secretário em 1975 e a vice-presidente em 1984.
Quando começamos tínhamos em mente e torcíamos para que fossem anos de muito trabalho, muita luta e muito sucesso, em prol dos cooperados, da nossa Coamo, e realmente foi assim esta nossa trajetória, unidos em prol do bem comum. E como há tempo para tudo, é tempo de agradecer a você Sérgio, pela sua dedicação total, entusiasmo, paixão, fidelidade e orgulho imensurável pela Coamo e cooperados. Juntos, formamos uma família, um time unido, harmônico e entrosado, ajudando e comungando dos mesmos ideais e sonhos, na busca de fazer sempre o melhor, para o bem comum. Estamos tristes com a sua saída, mas ao mesmo tempo estamos felizes porque vimos nesses 33 anos de convivência muita dedicação, muita inspiração e muita transpiração em prol da nossa Coamo, dos nossos cooperados”.
EMOÇÃO E GRATIDÃO - Bastante emocionado, Sérgio Luiz Panceri agradeceu a homenagem afirmando que os cooperados são a razão da existência da Coamo. “Durante todo esse período em que trabalhei na Coamo o nosso objetivo foi um só: trabalhar em prol do sucesso dos nossos cooperados e acredito que fizemos isso, porque os cooperados estão satisfeitos com a Coamo e com o cooperativismo”, disse, após receber a sua placa de homenagem.
LEGADO - “ÉTICA para mim é ser coerente em todas as coisas que pratica, e sempre deve ser praticada para o desenvolvimento das pessoas e para o bem comum.” “Um recado que deixo é em especial, agradeço a Deus, este pai poderoso que nos encoraja a trabalhar para que tenhamos uma sociedade cada vez melhor e mais justa. Desejo que a benção de Deus ilumine a todos. Estou com quase 80 anos, dos quais 57 anos em Campo Mourão, é uma vida bem vivida, que pretendo vivê-la por muitos anos. Amo esta cidade e desejo muitas felicidades e sucesso a todos. Muito obrigado.” – palavras proferidas em outubro de 2013.
COAMO Agroindustrial Cooperativa

Rua Fioravante João Ferri, 99, Jardim Alvorada, Caixa Postal 460, CEP: 87308-445
Campo Mourão - PR

PABX:

(44) 3599-8000
(44) 3201-8000
Icone IPv6
© 2019 COAMO Agroindustrial Coooperativa - Todos os direitos reservados.
Logo BLZ